É alvissareira a declaração do secretário Diogo Piloni de que o maior porto brasileiro está próximo de obter sua autonomia. 

Na engenharia militar, ao se planejar a travessia de um rio, primeiro providencia-se a passagem dos soldados; em seguida, constrói-se a ponte para passar os carros de combate. Essa estratégia milenar para dar velocidade ao deslocamento de tropas, pode ser usada como paralelo para interpretar o anúncio do Secretário Nacional de Portos, Diogo Piloni, de que “o Porto de Santos está próximo de obter maior autonomia”. Cabeça de ponte da reforma portuária.

600 Navio Dad 28NOV2019

Editor | Portogente
Por que não landlord port?

Como passagem de produtos e pessoas, os portos promovem inúmeros reflexos econômicos e sociais. São fundamentais para o desenvolvimento de um País. A economia aberta inclui interações entre comércio, produto, emprego e envolve importações e exportações. Nesse contexto, as tecnologias modernas oferecem enormes possibilidades para uma base lucrativa aos ramos de atividade que funcionam dentro e fora dos portos ágeis.

WebSummit 
* Arco Norte

Por isso, o modelo de gestão do porto precisa ser um conceito integrado com o futuro, alinhado aos objetivos do seu negócio e aos propósitos da sua comunidade. Só assim conseguirá fomentar desenvolvimento e garantir manutenção da infraestrutura portuária, para atender, satisfatoriamente, às demandas do mercado e atrair investimentos. Daí a importância do porto ter uma posição exclusiva e valiosa, inerente à decisão descentralizada.

Notícias corporativas 
Seminário debate cenário da ferrovia no Brasil e no mundo

A descentralização é uma posição positiva do governo Bolsonaro. Há, também, avanço no entendimento do modelo landlord port, como opção adequada para perseguir as metas audaciosas para o setor portuário, compromisso de campanha eleitoral. Está na hora, portanto, das associações de classe na atividade portuária, com experiência de duas reformas antagônicas, de 1993 e 2013, debater essa nova Abertura dos Portos.

WebSummit 
* Nova abertura dos portos brasileiros

A travessia anunciada pelo Secretário de Portos, para delegar competência ao Porto de Santos é muito bem-vinda. Um gesto que poderá ser um marco de um novo comércio marítimo compatível com as novas tecnologias. Uma notícia que convoca o Brasil a conquistar o seu futuro.

Pin It
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

*O Dia a Dia é o editorial do Portogente publicado de segunda a sábado e expressa fielmente a posição coletiva dos responsáveis pela redação do website