Opinião

Vencimento e obsolescência de produtos, excesso de estoque e perda de venda por falta de mercadorias na gôndola são sintomas frequentes de um desbalanceamento entre oferta e demanda. A consequência imediata deste descompasso é a perda de giro dos produtos, que imobiliza o capital e, aumenta os custos de armazenagem e descarte.

O rápido avanço das novas tecnologias tem levado a indústria de aditivos e ingredientes a estreitar cada vez mais o relacionamento com instituições de pesquisa e empresas especializadas com o propósito de manter uma sintonia fina com as novidades e com os desejos dos consumidores.

Empresas americanas conseguiram reduzir de 10% para 8% do PIB americano os custos em logística durante a recente crise econômica, enquanto o Brasil viu os mesmos aumentarem no período, alcançando 11,7% em 2014.

Todas as inovações que o varejo vem sofrendo devido à alteração do perfil de comportamento de seu consumidor – em relação à mudança de valor – são refletidas nessa nova moda dos produtos premium ou da gourmetização.

Após defender a reforma da Previdência exclusivamente pela aspecto fiscal, alegando a existência de “déficits”, insustentabilidade do sistema e necessidade de cumprimento do novo regime fiscal (EC 95), o governo agora trabalha nova narrativa...